Fecha límite para el envío de resumenes: 21/Abril/2024

O Zamac constitui ligas hipoeutéticas de zinco, alumínio, magnésio e cobre. Além de possuírem baixo ponto de fusão, estas ligas permitem a obtenção de peças com formatos complexos, produzidas por fundição sob pressão. As peças de Zamac destinadas à construção civil são revestidas por revestimentos metálicos. O presente estudo teve por objetivo analisar o comportamento em corrosão de revestimentos depositados em condições semelhantes àquelas usadas para uso nas indústrias de construção civil. Os depósitos de cobre, níquel e cromo depositados em Zamac 5 foram testados em solução de suor sintético que é o eletrólito presente em dispositivos como maçanetas, trincos etc., embora raramente testado para estas aplicações. O Zamac revestido apresenta problemas relacionados a porosidade, rugosidade e trincas que comprometem a resistência à corrosão. Desta forma, no presente trabalho estuda-se a influência do suor sintético na corrosão desses materiais levando em consideração os revestimentos tradicionalmente utilizados na indústria metalúrgica. Portanto, o presente trabalho visa complementar os trabalhos existentes na área. Lingotes com microestruturas bruta de fusão foram cortados em amostras com superfície plana e revestidos com depósitos de cobre, níquel e cromo, em camada sucessivas tal como usado na prática industrial.  Ensaios eletroquímicos de potencial de circuito aberto, polarização e de impedância eletroquímica foram realizados em corpos de prova sem revestimento, cobreados, cobreados e niquelados e, por fim, cobreados, niquelados e cromados. Utilizou-se nesse ensaio, solução de suor sintético, contraeletrodo de platina e eletrodo de referência de calomelano empregando-se o potenciostato Reference 600 da Gamry Instruments. Os ensaios eletroquímicos revelaram que diversos parâmetros eletroquímicos são sensíveis às imperfeições produzidos na deposição, principalmente no sistema de depósito multicamadas.

es_ES
Area de Usuario

Regístrate con tu correo y contraseña para acceder al panel de usuario y ser parte del CIBIM.

Si ya estás registrado, ingresa con tu correo y contraseña.